segunda-feira, 31 de maio de 2021

O "adamastor"

- Ao Piçarra, que “viajou para parte incerta” e não era homem de “medos” 


O último fim de semana foi de sol brilhante, pintalgado de outono aziago, cinzento e tenebroso - quase inverno, a bem dizer, tais as notícias com origem em Coimbra sobre um "adamastor corcunda".

- ...limpar Portugal", diz ele, “…se um dia…” !

Um dia – um dia, de um qualquer mês, será sempre abril!
Quem tem medo de Lord Voldemort, o “bruxo mais poderoso das trevas” e inimigo de Harry Potter?


 

quarta-feira, 28 de abril de 2021

- Olá, bom dia!

 


"... - Olá, bom dia! - disse ele.
Era um jardim cheio de rosas.
- Olá, bom dia! - disseram as rosas..."

(O Principezinho)

segunda-feira, 8 de março de 2021

“À lagareira”



 O “Dia Internacional da Mulher” é o que for, no que à efeméride diz respeito - “cada cabeça sua sentença”…
… por isso assumi a liberdade de preparar o almoço com algum requinte, de mim para mim, surripiando parte da receita a uma Mulher!
A confusão em que deixei a cozinha não me abona em nada, mas (quase) fui capaz de preparar um prato “à lagareira”  de excelência, “à moda da Lurdes”…
… que continua ausente por razões de saúde.
Enfim… esforcei-me nesta tentativa de homenagear os seus dotes culinários no “seu dia de mulher guerreira” e excelente cozinheira!

sábado, 17 de outubro de 2020

Obrigado Tony Lemos


Conheci de perto os irmãos Tony Lemos e Marlene.
Os pais faziam parte da equipa de apoio dos “Santamaria” – o grupo musical que fizeram nascer no tempo certo. O sucesso foi vertiginoso.A banda, no estilo, simpatia e qualidade musical, era e permaneceu diferente de toda a “concorrência”. A família “Santamaria” sempre unida…
Certa vez, durante o tempo de espera nos bastidores de mais um concerto, ousei “desafiar” a família “Santamaria” para uma visita ao Barril de Alva. O aniversário da Filarmónica Barrilense era daí a uns meses – quem melhor do que os “Santamaria” para abrilhantar uma tarde de gala durante os festejos da instituição? E logo numa época em que o grupo estava no topo da sua existência!
- “Se estivermos livres de compromissos, vamos” - disse o Tony.
A “proposta” tinha uma única cláusula: a vinda do grupo seria… gratuita!
Era dia de domingo o 8 de novembro de 1998. O vasto salão da filarmónica, abarrotou! No exterior permaneciam centenas de pessoas …

***
Por aqui, no Barril de Alva, as pessoas são gratas - têm memória.
Neste tempo de imensa dor e tristeza, recordamos o artista talentoso e a pessoa de bem: Tony Lemos, que viajou “para lugar incerto” no Oriente eterno.
À família e amigos próximos que choram a sua ausência física, sentidas condolências da família da Filarmónica Barrilense, que eu, filho da terra, tomo a liberdade de representar.
Obrigado Tony Lemos..
Carlos Ramos

domingo, 11 de outubro de 2020

O "Belo" de Hegel


"...A estética hegeliana não trata de questões das belezas diversas inerentes às variadas manifestações artisticas, pois tamanha diversidade impossibilitaria edificar uma ciência com validade universal. O ponto de partida se dá na ideia de Belo, de onde provém o conceito. O belo que interessa Hegel é o belo artistico, que se origina da produção do homem, excluindo assim o belo natural. Na concepção de Hegel o Belo artistico é sempre superior ao belo natural, sendo ele uma produção do espírito, e o espírito “sendo superior à natureza, sua superioridade se comunica igualmente aos seus produtos, e por conseqüência, à arte” (HEGEL, p.2)..."